3

D64K, Comoros (IOTA AF-007)

Um time internacionais de 7 operadores estará ativo em Comoros (IOTA AF-007) entre 8 e 20 de agosto usando o indicativo D64K. O plano é colocar 4 estações operando 160m a 6m, nos modos CW, SSB e RTTY.

Frequências preferidas:

O time é formado pelos seguintes operadores: Salvador, C31CT-EA3QS; Fabrizio, IW3SQY; Franco, IZ8GCE; Josep, EA3AKY; Sigi, DL7DF; Les, SP3DOI e Paolo, IV3DSH.

SOBRE COMORES

A União das Comores (ou simplesmente Comoros, a grafia anglicanizada) é uma república federal insular, que compreende três das quatro ilhas principais do Arquipélago das Comores, entre a costa oriental da África e Madagáscar. [Fonte Wikipedia]

RANKING APÓS D68C

Em 2001, a DXpedição D68K realizou 168 mil contatos. Outras operações menos relevantes foram realizadas desde então, portanto desde então Comoros vem escalando o ranking dos países mais procurados do DXCC. Em 2012, D6 ocupa a posição 60. Os DXistas mais antigos ainda necessitam de D6 nas bandas baixas (e altas), mas Comoros é um “All Time New One” para os DXistas pós-2001.

PROPAGAÇÃO

Abaixo, um gráfico com os prováveis melhores horários para conseguir contato com D6 a partir do Brasil. A fonte de dados foram os 920 QSOs entre D6 e PY confirmados na base de dados do ClubLog.

Para mais informações visite o site oficial aqui.

© 2012, DXBrasil. Alguns direitos reservados. Licença Creative Commons

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Luc, PY8AZT

Eu sou o Luc, PY8AZT. Ingressei no radioamadorismo em 1992. Sempre me dediquei ao DXismo e competições de rádio. Nasci em Castanhal, Pará, porém vivo em Fortaleza, Ceará desde 2006, onde opero como PT7AG. Durante os campeonatos de radioamadorismo participo do time de operadores da estação de contest PW7T do Fortaleza DX Group. Há 6 anos, dedico parte do meu tempo ao Portal DXBrasil, contribuindo com informações, notícias e artigos de interesse da comunidade radioamadorística de língua portuguesa. Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo...

3 Comments

Deixe uma resposta