Jornal da Globo mostra Radioamadores ajudando em Nova Friburgo

Com as enchentes na Região Serrana, os moradores de Teresópolis estão sem luz, telefone e internet. Mas o radioamador tem sido uma grande ferramenta para ajudar as vítimas da tragédia.

© 2011, DXBrasil. Alguns direitos reservados. Licença Creative Commons

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Este post foi publicado em imprensa, Surfando na Net, Videos e marcado com a tag , , , em por .

Sobre Luc, PY8AZT

Eu sou o Luc, PY8AZT. Ingressei no radioamadorismo em 1992. Sempre me dediquei ao DXismo e competições de rádio. Nasci em Castanhal, Pará, porém vivo em Fortaleza, Ceará desde 2006, onde opero como PT7AG. Durante os campeonatos de radioamadorismo participo do time de operadores da estação de contest PW7T do Fortaleza DX Group. Há 6 anos, dedico parte do meu tempo ao Portal DXBrasil, contribuindo com informações, notícias e artigos de interesse da comunidade radioamadorística de língua portuguesa. Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo...

3 ideias sobre “Jornal da Globo mostra Radioamadores ajudando em Nova Friburgo

  1. PY8AZT Autor do post

    Há meses acompanhamos os amigos da região serrana se organizando em torno da ROER e RENER; fazendo treinamentos e simulações com a Defesa Civil.

    Quando a situação real aconteceu – que infelizmente foi inevitável – eles estavam prontos para responder com responsabilidade e organização.

    Este é o verdadeiro espírito radioamadorístico! Sinto-me orgulhoso em ser radioamador e ter nesta comunidade minha segunda família.

    Parabéns pelo trabalho

    Luc, PY8AZT

    Responder
  2. Carlos Eduardo PU1-PZP

    Gostaria que fosse feito justiça a quem trabalhou.
    Na manhã seguinte aos deslizamentos o senhor Paulo PU1-JXJ foi procurado pela defesa civil de Nova Friburgo para que o GRANF e seus colaboradores fossem o ponto de apoio nas comunicações pois todos os meios tradicionais como telefones fixos e móveis e internet não funcionavam.
    Prontamente o senhor Paulo pelo rádio convocou todo o efetivo, que rapidamente se colocaram a disposição com seus equipamentos e veículos, foram montados estações bases nos seguintes locais:
    DEFESA CIVIL
    CORPO DE BOMBEIRO
    POLICIA MILITAR saída e chegada das aeronaves.
    ALUNOS DO SAMBA ( CONSELHEIRO PAULINO) Distribuição de donativos e alimentos
    CIEP ( OLARIA) Distribuição de donativos e alimentos
    COMUNIDADE CRISTÃ ( OLARIA) Abrigo,Recolhimento de donativos montagem de cestas e distribuição para os postos
    GPH ( CÔNEGO) Distribuição de donativos e alimentos
    CAMPO DO COELHO Abrigo, resgate de vítimas
    PRAINHA Abrigo e resgate de vítimas
    BOM JARDIM base de informações da cidade e pedido de auxílio
    E VARIAS ESTAÇÕES MÓVEIS ( CARRO E MOTOS)
    REPETIDORA 147.030 uso local para todos os pontos na cidade.
    145.350 para levar informações para todas as regiões

    TRABALHARAM:
    PY1 KK –Geovane, PY1 OJ – Luis Augusto, PY1 NF – Paulo, PY1 RQ – Ricardo, PY1 MGI – Roitman PU1 PZP – Cacá, PU1 JXJ – Paulo, PU1 JXN – Felipe, PU1 XJN – José Luis, PU1 KMZ – Carlinho, PU1 ROA – Antônio Marcos, PU1 TSD – Gabriel, PU1 YPT – Samuel, PU1 JSC – Janderson, PU1 PSJ – Jaci, PU1 MVD – José Roberto, PU1 PWP – Pablo, PU1 OSO Idail, PU1 KRB – Getúlio, PU1 OUV – Ouverney, PU1 XJX – Rodrigo, PU1 MMN – Mariano, PU1 JEY – Gilberto, PU1 JAI – Adilson, PU1 TRB – Demétrio, e Operadores Marco Aurélio, Léo, Glauco, Ricardo, Cristian, Carol, Rocha, Ricardo Betel,
    Essa é a verdadeira história, e este foi o efetivo montado, não foi a RENER e nem a LABRE foi o GRANF e seus colaboradores que montaram esta rede de solidariedade.
    VIVA O GRANF E SEUS COLABORADORES

    PU1 PZP- Cacá – Membro do GRANF, mantenedor da 145.350 e 147.030

    Responder

Deixe uma resposta