Arquivo da categoria: Geral

PY7ALC, Gert Wallerstein (SK)

Com profundo pesar comunico o falecimento de nosso colega e meu grande amigo GERT WALLERSTEIN, PY7ALC, ocorrido na data de hoje, 29 de outubro, em RECIFE-PE, aos 76 anos de idade.

Nosso amigo Gert Wallerstein, PY7ALC foi, sem a menor sombra de dúvidas, um dos mais brilhantes Radioamadores brasileiros. Nascido na Alemanha durante o regime nazista, sua família, que era judia, foi obrigada a sair daquele país no ano de 1936.

Brilhante técnico em eletrônica, radicou-se em São Paulo, onde trabalhou em diversas rádios na manutenção de transmissores, mas nunca pode tirar sua licença de Radioamador devido a uma irônica condição: como ainda não era naturalizado, impedido apenas por sua menoridade civil, não contava também com a cidadania alemã, pois embora fosse natural daquele país, estava impedido da condição de cidadania, devido ao fato de ser judeu, e dessa forma, não poderia ser Radioamador.

Enquanto aguardava a possibilidade de sua naturalização, Gert dedicou-se aos estudos de eletrônica, desenvolvendo interessantes projetos. Com apenas 13 anos de idade, foi o autor de um interessante projeto de transmissor de AM de 15 Watts para as faixas de 40 ou 80 metros com uma válvula 6L6 modulando outra 6L6, que se tornou conhecido ao ser divulgado em 1949 na “lição prática nº 27” do “curso prático de radiotécnica” do famoso Instituto Monitor, e dessa forma esse transmissor acabou se tornando o equipamento caseiro mais difundido entre os Radioamadores novatos nas décadas de 1950 e 1960: http://www.813am.qsl.br/artigos/tx/tx_monitor.pdf

Em 1954, quando Gert finalmente conseguiu a cidadania brasileira, montou um transmissor para a faixa de 80 metros, pois seu maior sonho era poder operar naquela banda, mas teve aí sua primeira desilusão: devido ao ciclo solar da época, a propagação para aquela faixa estava completamente fechada, e por este mesmo motivo, absolutamente abandonada.

No ano de 1965, já em RECIFE-PE, fundou com outros empresários a Eudgert, para se dedicarem à produção de equipamentos de radiocomunicação. Lamentavelmente a Eudgert encerrou suas suas atividades em 1975, pois os demais sócios de Gert Wallerstein, que não eram Radioamadores, não tiveram mais interesse na continuidade das atividades.

Um fato curioso que poucos conhecem: a Yaesu tentou comprar a Eudgert no início da década de 1970, com a intenção de transferir a produção de seus equipamentos para o Brasil, mas a burocracia brasileira impediu a realização dessa fusão.

Sendo uma pessoa responsável, Gert nunca se conformou com o fato dos integrados Plessey apresentarem aquele problema crônico de corrosão com o passar dos anos, e mesmo após ter se afastado de sua indústria, gastou uma pequena fortuna comprando todos os integrados que encontrou a venda na Europa, para poder repor, gratuitamente, aos seus antigos compradores do Eudgert Diamante. Prestativo, para enviar essa encomenda ele acondicionava um kit completo de integrados numa embalagem plástica de saboneteira dentro de uma caixa de papelão, para evitar que qualquer manuseio descuidado pudesse danificar aqueles raros componentes. Eu tive a honra de receber dele – gratuitamente, diga-se de passagem – a última dessas “saboneteiras” com uma série completa com os últimos integradinhos que ele conseguiu comprar – a alto preço. Ele também me confirmou ter sido humilhado por alguns colegas a quem socorreu, tendo virado motivo de chacota por ter escolhido aquela embalagem “simplória”. O problema é que naquela época ele não conseguiu opção melhor para essa finalidade, mas quem a recebeu pode confirmar que ela era perfeita, tanto é que a guardo como uma das minhas mais importantes “relíquias” da minha coleção!

Apesar de ter uma vida marcada por tragédias (ter nascido Judeu na Alemanha nazista, ter perdido a mãe no parto, se ver obrigado a abandonar o país natal

devido ao antissemitismo, viver anos sem ter direito a nenhuma cidadania, passar anos esperando por uma oportunidade de poder operar nas faixas de Radioamador,

ter sido trapaceado descaradamente pelos sócios pilantras), Gert Wallerstein sempre foi uma pessoa serena, prestativa, brilhante, transmitindo uma paz de espírito sem igual com quem conversava. Quem o conheceu mais proximamente, acabou se tornando amigo íntimo. Os filhos também seguiram o mesmo estilo carismático do pai, sendo que o Ludwig, que herdou não só a simpatia e o carisma do Gert, mas também a inteligência, tem hoje uma bem sucedida rede de fotocopiadoras em RECIFE.

De todos os grandes pioneiros da indústria de equipamentos para Radioamadores, Gert Wallerstein foi um dos mais brilhantes, mas sem a menor sombra de dúvidas, o mais carismático de todos!

Afastado do Radioamadorismo (mas de vez em quando, ligava seu Yaesu FT-747 pra corujar o pessoal), e devido às decepções e traumas que teve com o fim de sua empresa, Gert nunca mais teve contato com os equipamentos que fabricou. Ele sequer tinha cópia dos esquemas de seus próprios rádios…

Nesses últimos três meses tentei ir até RECIFE para entrevista-lo, pois estava escrevendo um artigo sobre a Eudgert que será publicado na próxima revista CQ Radioamadorismo, mas infelizmente ele não pode me atender, pois estava com a saúde muito fragilizada, devido a um enfisema pulmonar. O último e-mail que recebi dele foi em 06 de outubro passado, onde recebi o seguinte relato:

“Caro Adinei:

Por estar semi-hospitalizado devido a  uma pneumonia, ficarei inibido temporariamente de responder com rapidez suas mensagens.

Até breve,
Gert Wallerstein”

Até breve, meu amigo! Teus brilhantes ensinamentos e teu inigualável carisma jamais serão esquecidos pelos Radioamadores brasileiros!

73,

Adinei, PY2ADN

Fonte: email escrito por PY2ADN e publicado na lista QRP-BR.

CQ Radioamadorismo #4

ze4qbrau

A edição #4 da CQ Radioamadorismo (julho/Agosto 2012) já está pronta e em alguns dias começa a ser enviadas para os assinantes e ofertada de forma avulsa no site da Radiohaus. A matéria de capa é a entrevista com a Sra. Alda Niemeyer, PP5ASN uma das radioamadoras mais conhecidas do Brasil.

FENARCOM 2012
Feira Internacional de Radiocomunicação
8 a 11 de Novembro
www.fenarcom.com.br
CQ Magazine Brasil
Radioamadorismo, Comunicações e Tecnologia
www.cqmagazine.com.br

ForDX: Nota de Repúdio

fufjiqb5
NOTA DE REPÚDIO ÀS DECLARAÇÕES DOS SENHORES PETER SPRENGEL E NELSON OTÁVIO MAIA E ESCLARECIMENTO À COMUNIDADE BRASILEIRA DE DX E CONTESTES

Eu, Francisco Barreto Frota – PT7CB, e os demais abaixo assinados, todos membros do Fortaleza DX Group e operadores da estação PW7T, motivados pelas últimas declarações descabidas, maldosas e mentirosas dos senhores Peter Zoch Sprengel, PP5XX e Nelson Otávio Maia, PY5CA, bem como pelas ofensas veladas a nós dirigidas através dessas listas, resolvemos divulgar essa NOTA DE REPÚDIO e esclarecer alguns fatos à comunidade brasileira de DX e contestes.

Repudiamos veementemente as acusações desferidas por essas pessoas.

  • Não somos LADRÕES nem DESONESTOS. Somos um grupo de radioamadores que juntos e orgulhosamente construímos e mantemos com muita dedicação e comprometimento uma estação de contestes, que, para a nossa alegria, vem colhendo bons resultados no cenário mundial.
  • Nunca recebi nenhuma doação material do Sr. Atilano – PP5EG ou do grupo Araucária, conforme cita o Sr. Nelson Otávio Maia. Esse assunto já foi discutido particularmente com o Sr. Atilano, portanto me reservo o direito de não me alongar.
  • Nada tenho contra o GADX ou qualquer de seus membros, embora esses senhores tentem constantemente criar essa imagem. Acreditamos perfeitamente no desenvolvimento do radioamadorismo brasileiro de competição com vários grupos comungando valores e trocando ideias para a criação e evolução das estações de contestes.
  • Sempre defendi o debate em alto nível, sem ofensas pessoais. Continuo a disposição de todos para que isso venha a se tornar a nossa realidade.

Nossos resultados não foram "fabricados"…Nossos logs não foram "habilmente enxertados"… Basta avaliar a evolução de nossos números e verão que o nosso crescimento vem sendo construído ano a ano, diferentemente do que tais pessoas insinuam. A cada ano assumimos o compromisso de melhorarmos nossa estação e nossa habilidade operacional, visando sempre melhorar os nossos resultados, sempre respeitando os regulamentos das competições que participamos e a legislação brasileira do serviço de radioamador.

Não queremos ganhar de qualquer jeito. Queremos ganhar jogando limpo!!!

Nos últimos seis anos figuramos entre os primeiros colocados no mundo em nossa categoria, e como todos sabem, os logs das estações que figuram entre as dez primeiras colocações são checados QSO a QSO. Portanto, nossas operações passaram por severas checagens todos esses anos e nunca tivemos um problema sequer.

A maldade do Sr. Peter Sprengel o leva a devaneios como esse:

"A desculpa sua para a penalização que receberam com desconto de 5 milhões de pontos não cola. Não foi 1 nem dois multiplicadores. 5 milhões de pontos representa muita coisa. É 25% de um score total. Em 48 horas representa 12 horas de operação jogadas fora. Isso não tem explicação Senhor".

Qual a sua intenção em querer manipular informações falsas? Creio que deveria pelo menos entender o fato antes de sair acusando. O próprio editor da revista CQ Magazine divulgou: "Um erro de mudança de banda em uma hora de alto rate tirou o segundo lugar de PW7T". Fomos punidos por um erro previsto no regulamento do conteste e não por cometermos alguma fraude ou algo ilegal, como insinuado.

Quem me conhece sabe o quanto evito polêmicas e exposições desnecessárias, mas agora eles passaram do limite da tolerância. Fiquei muito tempo em silencio, assistindo a esses senhores falarem o que bem quisessem, enquanto tentava em vão conversar com pessoas a eles ligadas na tentativa de parar com isso. Não se pode acusar um cidadão, e muito menos um grupo de cidadãos de bem, sem incorrer com as devidas consequências.

Conclamo-os publicamente a fazer a vossa “representação junto ao comitê do CQ WPX” contra as nossas operações. Agora o façam conscientes de que arcarão com a responsabilidade do resultado. Até lá, não têm o direito de nos caluniar, sob pena de terem que discutir isso judicialmente.

De fato usamos três estações durante as nossas operações Multi-two, e estamos trabalhando para usar quatro, cinco, quem sabe… mas sempre respeitando o limite de dois sinais no ar a qualquer momento, que é o que está no regulamento dos contestes, conforme podem atestar com o depoimento do Randy – K5ZD, organizador do CQ WPX:

Here is the rule for M2 in WPX:

"(b) Two-Transmitter (MULTI-TWO): A maximum of two transmitted signals is permitted at any time on different bands. Either transmitter may work any and all stations. A station may only be worked once per band regardless of which transmitter is used. The log must indicate which transmitter made each QSO (column 81 of CABRILLO QSO template for CQ contests). Each transmitter may make a maximum of eight (8) band changes in any clock hour (00 through 59 minutes). For example, a change from 20 meters to 40 meters and then back to 20 meters counts as two band changes. Use a separate serial number sequence for each band."

The key point of the rule is maximum of two transmitted signals at any time.

That is what makes it two-transmitter.

The rule does go on to talk about "either transmitter", but this is
generally accepted to mean either of the transmitted signals.  It does not
mean only two transmitters (or transceivers) in use.

It has always been accepted in CQWW and ARRL DX Contest that the
multi-single and multi-two categories do not limit the number of radios in
use at the station.  The only limit is on number of transmitted signals at
one time.

I hope that answers the question.

Randy

Nossa estratégia operacional é fruto da nossa interpretação do regulamento e, por isso, somos passíveis de erro. Da mesma forma que conclamamos os nossos acusadores a formalizarem as sua acusações, teremos a humildade de publicamente assumir nosso erro e corrigi-lo imediatamente, caso estejamos errados.

Para finalizar, reafirmo o meu compromisso de finalizar definitivamente  essa situação, e voltarmos a ter prazer em ler as mensagens das listas e em praticar o nosso hobby.

Não replicarei qualquer comentário posterior a essa nota em qualquer lista.

Francisco Barreto Frota – PT7CB
Luciano Sampaio – PT7WA
Pergentino Andrade – PT7AA
Roberto Pereira – PT7YV
Luciano Moreira – PY8AZT / PT7AG
Raimundo Neto – PT7CG
Carlos Moreira – PT7ZT
Fabiano Viana – PY3VK / PT7AK
André Coelho – PT7ZZ
Nicola Brassier – PT7ZAA
Renner Pedrosa – PY7RP
Jemesson Faria – PY7XC
Cícero Xavier – PY7ZY
Edson Fonseca – PY4WAS
Alex Correia – PY2SEX
Emerson Ferreira – PT2FE

PT7AA Lança novo Livro

DSC_5255O grande DXpedicionário e escritor Tino, PT7AA está lançando mais um livro. O livro “A Legislação Radioamadorística Brasileira através dos Tempos” foi compilado após quase 1 ano de pesquisa para formar a coletânea mais completa sobre a Legislação Brasileira do Serviço de Radioamador. O livro cobre desde oi primeiro marco regulatório, quando o Governo oficializou o radioamadorismo no Brasil, até os dias atuais. Documentos históricos estão reproduzidos no livro que certamente é mais uma importante contribuição do Tino aos radioamadores brasileiros.

Quem quiser adquirir este livro em edição especial com capa dura, entre em contato com o Tino PT7AA (pt7aa@uol.com.br) para saber preço e custos de envio.

O Tino também disponibilizou o livro para download gratuito através do link abaixo:

Livro: A Legislação Radioamadorística Brasileira através dos TemposLivro: A Legislação Radioamadorística Brasileira através dos Tempos (unknown, 0 hits)

Palestras FENARCOM 2011

image

Durante a FENARCOM 2011 foram realizadas palestras sobre temas de grande interesse dos radioamadores. Neste post, vamos disponibilizar o material apresentado nas palestras realizadas na feira.


Palestra: QRM de Linha por Fred PY2XB - FENARCOM 2011 (17,8 MiB, 268 hits)  Palestra: QRM de Linha por Fred PY2XB - FENARCOM 2011



Palestra: DXpedição Ilha de Rotuma - 3D2R por Atilano PY5EG - FENARCOM 2011 (5,6 MiB, 178 hits)  Palestra: DXpedição Ilha de Rotuma - 3D2R por Atilano PY5EG - FENARCOM 2011


xpjjzzmb

Palestra: Principais Atalhos do N1MMLogger por Luc PY8AZT - FENARCOM 2011 (55,7 KiB, 219 hits)  Palestra: Principais Atalhos do N1MMLogger por Luc PY8AZT - FENARCOM 2011


Obs: O post será atualizado a medida que tivermos acesso aos demais materiais.

PY2AEO, Trajano (SK)

PY2AEO, Trajaninho (SK)Ontem (17), faleceu Trajano, PY2AEO, um dos radioamadores mais antigos do Brasil e pioneiro nas experimentações em VHF/UHF em nosso país. Abaixo, texto de PY2ADN contando a história deste ilustre radioamador:

Olá, pessoal.

Com pesar comunico o falecimento na data de hoje, aos 89 anos de idade, mas em plena lucidez, do colega TRAJANO DE BARROS CAMARGO, PY2AEO, um dos mais antigos Radioamadores brasileiros.

Trajaninho, como era chamado na cidade de Limeira, era uma lenda no Radioamadorismo brasileiro. Nascido em família de nobre linhagem, sua mãe foi a primeira prefeita e a primeira deputada do país. Também era neto do ex-presidente Prudente de Moraes Barros, tataraneto do Barão de Campinas e filho e seu pai, o famoso industrial Dr. Trajano de Barros Camargo foi um homem à frente de seu tempo, tendo sido um dos primeiros brasileiros a realizar experiências com o rádio, no início da década de 1920 ( o rádio de galena do velho Dr. Trajano está hoje na minha coleção!)

Radioamador desde 1935, desde criança Trajano já fazia experimentações com rádio, e em 1937 iniciou a produção da segunda fábrica de rádios no Brasil, a Blue Star (a primeira foi a Cacique, em 1936), sendo que fabricou desde o chassis até o alto-falante.

Em 1941 alistou-se na escola de aviação do Exército, indo estudar nos Estados Unidos, onde conseguiu material para realizar experimentações em VHF e ampliou seus estudos sobre meteorologia e propagação. Por interferência de sua mãe, que além de política influente era diretora de uma das maiores indústrias do país (a famosa “Macchina São Paulo”), foi impedido de juntar-se em combate aos companheiros que foram à Itália, tendo sido designado – a contragosto – como “supervisor militar” da produção bélica na indústria de sua família.

Com o fim da guerra, Trajano importou uma imensa quantidade de material de radiocomunicação excedente de guerra (surplus), que distribuiu a preço de custo aos Radioamadores brasileiros. Nessa época, como tinha material de qualidade e como também havia se graduado em engenharia elétrica no Mackenzie, Trajano começou a realizar montagens de equipamentos para Radioamadores e também para rádios broadcast, tornando-se renomado ainda no final dos anos 1940. Foi nesse período do pós guerra – justamente quando houve o fim do "QRT geral" imposto pela guerra – é que conseguiu divulgar o VHF e o UHF entre os Radioamadores brasileiros (naquela época, a faixa de VHF era em 112 MHz!), utilizando material "surplus" dos rádios militares Wireless Set MKII 19, tendo sido o verdadeiro pioneiro dessas faixas aqui no Brasil. O Transmissor e o receptor de VHF (AM e CW) para 112 MHz que ele montou em 1941 (!) está em meu poder.

Já no início dos anos 1950 partiu para a área de retransmissores de TV, tendo sido o responsável pela maioria dos equipamentos produzidos nessa área até a década de 1960. Fabricou em série, durante o final da década de 1950, transceptores de UHF AM (!) conhecidos como “vocaline”, pois eram baseados num famoso equipamento dessa marca, utilizando a válvula 6AF4 na saída. A partir dos anos 1960, dedicou-se a manutenção de equipamentos de radiocomunicação comercial SSB, tendo também se tornado uma referência nessa área.

Extremamente humilde e didático, ensinou a arte da transmissão a muitos colegas que acabaram se tornando "feras" em transmissão de AM, como o saudoso Gevaert de Carli Campos PY2BQT (SK), o Amador Jolly PY2BDJ (SK) e o Nelson Liepert PY2NVD.

Lúcido, ainda realizava algumas experimentações, mesmo tendo 89 anos de idade. Apagou os filamentos na tarde de hoje, fazendo QSY para frequências muito mais altas.

73, Adinei, PY2ADN

PY2DBU, Hélio Carlota (SK)

PY2DBU, Hélio Carlota (SK)Ontem, 25 de setembro, o radioamadorismo brasileiro perdeu um grande radioamador. Hélio Carlota, PY2DBU era um ávido DXista (325/343 DXCC) e um dos maiores caçadores de diplomas do mundo.

Rubens, PY2KQ escreveu isso sobre o Carlota:

O Hélio era uma dessas pessoas que ajudam os outros e não fazem alarde disso. Contribuía com expedições e outras iniciativas ligadas ao radioamadorismo, foi, por muito tempo o representante do IOTA para o Brasil e do TENTEN. Fanático caçador de diplomas (todo o acervo está comigo), ele era um verdadeiro Radioamador. Um cara entusiasmado e gentil.

O Carlota era uma figura muito conhecida e respeita no meio radioamadorístico. Toda comunidade lamenta esta perda.

PileUP! 15(4) 2011

image

Humor finlandês: Você pode fazer isso, mas não é recomendado com um FT-5000DXCom muito bom humor – característica marcante dos finlandeses, mais uma edição da revista online PileUP!, produzida pelo Contest Club Finland, está disponível para download.

Esta edição tem 52 páginas e trás assuntos variados. Alguns artigos nostálgicos, fotos e histórias hilárias.

Lembre-se que neste fim de semana teremos o SAC – Scandinavia Activity Contest, em CW, regulamento aqui.

Baixe a PileUP no link abaixo:


PileUp! 15(4) 2011 (10,8 MiB, 73 hits)  PileUp! 15(4) 2011


Na foto ao lado, você encontra um bom exemplo do típico humor finlandês.

Novo Diploma Radioamadores Brasileiros

aei

A Associação dos Expedicionários Ilhéus está patrocinando um novo diploma para contatos com radioamadores brasileiros.

RESUMO DO REGULAMENTO;

1) Contatar com INDICATIVOS e PREFIXOS brasileiros diferentes observando o seguinte:

– Diploma Básico: 100 Indicativos diferentes e 10 prefixos diferentes;

– Endossos: a cada 50 novos indicativos diferentes e 05 novos prefixos diferentes, ou seja: 150 – indicativos = 15 prefixos; 200 indicativos = 20 prefixos; 250 indicativos = 25 prefixos, e assim sucessivamente;

– HR: 1.000 indicativos diferentes e 100 prefixos diferentes.

2) Considerando as séries de prefixos destinados ao Brasil (PP a PY, ZV a ZZ) teremos 150 prefixos diferentes, e um número ilimitado de indicativos.

3) Exemplo de Indicativos/Prefixos válidos: PT1AB, PT11AB, PT111AB são 3 indicativos diferentes, mas apenas um prefixo (PT1);

4) Para requerer o diploma serão aceitos contatos/escutas sem restrição de data, nas bandas e modos homologados para os radioamadores no Brasil, não podendo ocorrer repetição de indicativos;

INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES

– O Diploma é grátis, e todas as etapas serão efetuadas via internet ( remessa da lista GCR, e posterior envio do Diploma em formato.pdf );

– No GCR constará somente os indicativos em ordem alfabética, e pode ser preenchido em arquivo do word (.doc ou .rtf), ou em formato "cabrillo". Informar à parte o modo (SSB, CW, mixto etc).

– Para efeitos do Diploma o radioamador não precisa estar de posse do cartão QSL, (basta o contato constar no seu LOG), e nem precisa "autenticação" do GCR por outros radioamadores, Clubes etc.  

A AEI parte do princípio que o Radioamador é honesto.

-  Os meios modernos de confirmação de contatos sem cartão QSL (LOTW, Eqsl, etc), e a dificuldades de alguns Bureaus em enviar os cartões, dificultam a posse dos QSLs para requisitar o diploma.

Dúvidas e sugestões: PS7AB, Rony ps7ab@yahoo.com

Link com as informações dos Diplomas da AEI: http://www.aei.radioamador.org.br/diplomas.htm

Fonte: PS7AB

Colóquio "Radioamadorismo: A Ciência ao nosso alcance"

cartaz_coloquio_2011

A Associação de Radioamadores do Ribatejo (em Portugal) organiza no próximo dia 17 de Setembro, Sábado, mais um colóquio de radioamadores em Almeirim , este ano sob o tema "Radioamadorismo: A Ciência ao nosso alcance".

A lista de oradores / temas será a seguinte:

  • Paulo Sousa – CT1FUH / Radioamadorismo como auxiliar no ensino
  • Fabiano Moser – CT7ABD / CUBSAT/TUBSAT Construir um Satélite
  • Justin Johnson – G0KSC / Projectar e Construir Antenas
  • Pedro Ribeiro – CR7ABP / Processamento Digital de Sinais e SDR

Para mais informações visite a página web da organização em http://www.ct1arr.org

Fonte: CT-Spot Radioamadorismo em Portugal [TNX CT1FBF]

Dom Pepe, PT7BR (SK)

DSC_2255É com pesar que informamos a morte de Pericles, PT7BR, ocorrida no dia 21 de julho de 2011, em Fortaleza. Pepe, como era conhecido, foi muito ativo no DXismo. Ele era membro do Fortaleza DX Group e, apesar de estar QRT há alguns anos, ainda consta no Honor Roll do DXCC com 341/333 países em Fonia. Grande caçador de ilhas, ele também fazia parte do Honor Roll da IOTA com 751 grupos confirmados. Descanse em paz  Dom Pepe!
Seus QSLs sempre foram inconfundíveis:

QSL de PT7BR


Caros amigos;

Péricles era nosso amigo radioamador e seu indicativo de chamada era PT7BR. Para o mundo inteiro, através das ondas de rádio, ele era conhecido como Pepe, um nome mais fácil de ser pronunciado e entendido.

Por nós, seus colegas de rádio, ele era chamado de Pepão, uma maneira carinhosa de tratamento, que ele apreciava bastante.

Pepão era um exemplo de simplicidade, dignidade, honestidade, sinceridade e respeito ao próximo, sendo também um radioamador esforçado, que levava a sério a arte de fazer DX, que é como chamamos nossas comunicações internacionais.

Nossa amizade vem de muitos anos, sendo fortalecida com o passar do tempo e eu o acompanhei muitas vezes em suas viagens de trabalho, pois ele não gostava de viajar sozinho.

Existem pessoas em nossas vidas que nos deixam felizes pelo simples fato de terem cruzado o nosso caminho. Para mim, Pepão foi uma dessas pessoas.

Nos últimos tempos, Pepe passou por momentos muito difíceis, principalmente por problemas de saúde e isso acabou resultando em sua partida para o mundo espiritual.

Ele agora certamente já está presente em outras frequências de rádio, possivelmente em companhia de outros colegas que nos deixaram mais cedo.

Pepão,

Em nome do Fordx, nosso grupo de radioamadores de Fortaleza, envio aqui nosso abraço de amizade ao grande companheiro que você sempre foi, dizendo-lhe apenas que aguarde por todos nós, que algum dia voltaremos a nos reunir alegremente, como sempre fizemos.

Pergentino – PT7AA
27-07-2011

Setup Impressionante para o Field Day

O Field Day é a competição mais popular dos Estados Unidos. O objetivo principal do FD é preparar o radioamador comum para operações em condições precárias, com limitação de antena e alimentação elétrica. Milhares de estações vão à campo para mostrar que estão bem preparadas.

Abaixo um vídeo que mostra o campo de operação da W3AO no FD 2011:

 

ROER Indicada para Prêmio na Alemanha

Anualmente, a cidade de Bad Bentheim, na Alemanha, realiza um grandioso evento para entregar o prêmio "Golden Antenna" que é dado para um radioamador ou entidade radioamadorística que tenha realizado um grande feito social ou humanitário. Em 2010, o prêmio foi oferecido ao HH2JR, Joan Robert Gaillard pela sua atuação durante o terremoto que assolou a região de Porto Príncipe.

Este ano, por causa da catástrofe ocorrida na região serrana do Rio de janeiro, os organizadores do Golden Antenna Award contataram a LABRE para que ela indicasse um candidato ao prêmio de 2011.

A LABRE, através de seu Presidente PT2ADM, Gustavo Franco, indicou a ROER – Rede de Operações de Emergência de Radioamadores, que atuou diretamente na região das enchentes e deslizamentos em conjunto com os órgãos de Defesa Civil. Abaixo a carta de apresentação da nomeação enviada aos organizadores do evento:

Golden Antenna Award Nomination -  On 2010, a small ham radio operators group team up to develop an Emergency Network Suport for eventual casualities in Montainous Region of State of Rio de Janeiro, Brasil. They stated the effort as ROER – Ham Radio Emergency OperationsNetwork. During 2010, they  offered to ham radio operators volunteers courses and training for take actions on emergency situations. They didn’t know, but their region would be severely battered by a series of floods and mudslides that took place in January 2011.

A series of floods and mudslides took place in January 2011 in several towns of the Montainous Region (Regiao Serrana), in the Brazilian state of Rio de Janeiro. Casualities ocurred in the cities of Nova Friburgo, Teresopolis, Petropolis, Sumidouro and Sao Jose do Vale do Rio Preto. The floods caused at least 903 deats, including 424 in Nova Friburgo and 378 in Teresopolis.

ROER was active from the very beginning of the catastrophe on the cities Petropolis, Sumidouro and Sao Jose do Vale do Rio Preto. A team of 27 ham radio operators worked together to bring communication forth and back in synergy with official authorities to a vast area affected. The ROER  Emergency network was the only communication resource to reach remote rural area on a decisive moment to safe lives aftermath the floods.

On the following days, the ROER Operators continued to support official authorities on rescue mission and collecting info about critical situations. Many families were isolated and ROER’s field operators with their own mobile station could report authorities where the water and food resouce should be sent first. Some operator had worked oveer 24h shifts without sleep, showing commitment and solidarity for those had lost everything on the catastrophe in Mountainous Region of  Rio de Janeiro.

For the vital emergency support played on floods and mudslides in January 2011 in Mountainous Region of Rio de Janeiro, LABRE – Liga de Amadores Brasileiros de Radio Emissão (Brazilian Radio Amateur League) – is proud to nominate ROER and their ham radio operators for the 2011 Golden Antenna Award.

Gustavo de Faria Franco – PT2ADM
LABRE’s President.

CallBook Alternativo ao QRZ.com

Há alguns dias, o QRZ.com passou a limitar o acesso às informações contidas no site aos visitantes que não efetuassem login. Segundo os proprietários do site, os motivos são proteção dos dados e limitar o acesso de “bots” (programas que vasculham o site automaticamente em busca de dados). A comunidade ficou dividida com a novidade e surgiu um novo site de callbook em resposta a recente mudança na política de acesso ao site QRZ.com.

O novo callbook online chamado HamQTH foi desenvolvido por Petr, OK2CQR que decidiu fazer seu próprio callbook e oferecê-lo gratuitamente à toda a comunidade. Petr diz que “concorda que a comunidade tenha que pagar para acessar os dados fornecidos gratuitamente pelos próprios radioamadores”. Um diferencial do HamQTH é que os próprios usuários é que decidem quais os dados querem ou não compartilhar com os outros.

Cada usuário pode construir seu perfil com endereço, biografia, fotos, tipo de QSL que utiliza, formas de contato – inclusive Skype, MSN, etc – e ainda decidir quais informações poderão ser acessadas apenas por usuários cadastrados.

Em breve o HamQTH também oferecerá acesso dedicado aos programas de log e dxcluster.

Workshop sobre RFI para Companhias Elétricas

RFI_Workshop

A ARRL promoveu um Workshop sobre RFI (Interferência por RF) para funcionários das companhias elétricas. O seminário foi liderado por Mike Martin, K3RFI e direcionando aos técnicos, equipes de campo e engenheiros responsáveis por solucionar problemas de RFI e TVI. Quatro empresas enviaram funcionários para participar das aulas e instruções de campo e aprender a melhor forma de localizar e resolver interferências causadas pelas linhas de transmissão de energia elétrica. Mais detalhes aqui.

Pegadinhas de 1 de Abril

Todos os anos, eu tento pregar uma peça de 1 de abril – tomado como dia da mentira, só para descontrairmos, mas cada ano, fica mais difícil.

Em 2009, eu publiquei um artigo sobre uma suposta nova categoria chamada Super-Single-OP, que teria super-poderes muito além da nossa imaginação. Para nossa surpresa, depois de algumas semanas, a o CQWW anunciou uma categoria chamada "Extreme" muito parecida com a que inventei no 1 de abril.

Link: http://www.dxbrasil.net/wp/artigo/wpx-cqww-categoria-super-single-op/

Em 2010, apresentei uma foto-montagem de um microfone USB para mostrar que a Microsoft estaria desenvolvendo um transceptor SDR totalmente integrado ao Windows 7.

Link: http://www.dxbrasil.net/wp/artigo/novo-transceptor-com-microfone-usb/

Este ano, tive que ir um pouco mais além para pegar a turma mais desatenta – afinal radioamador desatento está em falta ultimamente – todo mundo anda muito ligado… Adaptei uma ideia antiga e a remodelei em uma história bombástica de um suposto documento que propunha retirar os mecanismos legais que protegem nossas bandas contra interferência de outros serviços – como por exemplo o famigerado PLC – para viabilizar essa tecnologia suja, uma vez que a Europa enfrentaria uma crise energética em 2020. Para não alarmar demais, resolvi acrescentar um link do fim do texto denunciando a pegadinha. Mesmo assim, alguns incautos ainda ficaram indignados com a proposta apresentada pelo suposto documento vazado.

Link: http://www.dxbrasil.net/wp/artigo/ameaca-ao-radioamadorismo-agora-e-politica/

Coincidências a parte, a Microsoft não entrou em nosso mercado para vender rádios – se isto estivesse acontecido hoje estaríamos às voltas com a instalação de um Service Pack para corrigir os bugs. Mas os SDR estão mais comuns do que nunca e ganhando força em todos os segmentos de transceptores. Quanto a porta USB, não é usada (ainda) para microfone, mas modelos como IC7600 e IC9100 já usam essa porta para controlar o rádio, enviar áudio, gravar, fazer modos digitais, etc…

A categoria Extreme já existe há dois anos no CQWW, mas já mostra que não veio para ficar. Poucas estações se interessaram pelos super-poderes oferecidos por ela, acho que a nossa comunidade de contest ainda acredita que não precisa-se de super-poderes para fazer coisas incríveis, e isto é ótimo, mesmo que alguns ainda sejam conservadores radicais!

Quanto à ameaça política ao radioamadorismo espero que nunca torne-se realidade, mas temos que ficarmos atentos, o diabo mora nos detalhes.

Nossas bandas são cada vez mais preciosas e cobiçadas em um mundo ávido por dados e mobilidade. Por exemplo, este ano, a banda de UHF esteve sob forte ameaça nos Estados Unidos. Graças à forte repercussão negativa da comunidade, e fortificada pela Internet através de uma campanha promovida pela ARRL, o relator da Lei declarou que retirará qualquer referência aos segmentos destinados ao Serviço de Radioamador da proposta de Lei no Congresso Americano.

conspiracy

Em 2012, espero ter imaginação para pregar mais uma peça em alguns de vocês, mas por enquanto podem acreditar em tudo que publicamos no Portal DXBrasil! Alegre

Ameaça ao Radioamadorismo agora é Política (1 de abril)

Comunidade EuropeiaAté agora, o maior impedimento para o avanço da tecnologia PLC – Power Line Communication, foi o alto custo para mitigar as interferências em outros serviços de comunicação que compartilham o espectro eletromagnético.

Os radioamadores, rádios broadcastings e serviços de comunicação privados ganharam uma batalha sobre o PLC, mas a guerra contra as tecnologias sujas ainda está só começando.

Segundo um documento ainda não-oficial, vazado na Internet para vários portais de notícias sobre radioamadorismo, o fim do nosso hobby como o conhecemos deve ocorrer em 2020.

A ameaça agora é política

O documento sugere que os custos da tecnologia PLC seriam drasticamente reduzidos se os atuais padrões de prevenção de RFI (Interferência por Rádio Frequência) a outros serviços como radioamador, rádios broadcastings e Faixa do Cidadão no segmento de Ondas Curtas fossem retirados.

Além disso, o documento ainda sugere um Projeto de Lei à UK Telecommunications (equivalente à ANATEL na Inglaterra) e à outras agências reguladoras da Comunidade Europeia retirando os privilégios de proteção contra interferência das estações broadcasting, radioamadores e serviço da faixa do cidadão.

Como argumentos para a implantação das sugestões, o documento declara que “as estações de broadcasting estão em rápido declínio, a maior parte da programação está migrando para a Internet” e ainda que “a finalidade da Faixa do Cidadão em ser um serviço de comunicação pessoal foi amplamente substituído pelos celulares”.

Sobre o Serviço de Radioamador, o documento é ainda mais radical:

O Serviço de Radioamador transporta comunicação sem qualquer importância que poderia ser feita usando a rede de telefones celulares ou a Internet. O uso das bandas de radioamador é puramente recreativo e poderia ser substituído por simulações online e serviços de conversas VoIP. Os radioamadores poderiam ocupar o segmento acima de 400MHz que de outra forma seria vendido para a iniciativa privada. Eles poderiam fazer seus experimentos mais confortavelmente, já que no segmento de ondas curtas (HF) nunca terão uma recepção livre de interferência.

A razão para tanto empenho para remover a proteção às nossas frequências fica clara quando vê-se que a adoção das tecnologias inovadoras, que são notadamente causadoras de interferências em HF, deve se tornar obrigatória em breve. No capítulo final, o documento justifica suas sugestões na eventual crise energética que a Comunidade Europeia pode enfrentar em 2020.

Para atingir a meta de redução de emissão de carbono e efetiva desativação de usinas nucleares pelo seu perigo iminente, a Comunidade Europeia aprovará uma Lei que determinará que 80% das propriedades utilizem smart_grids, um dispositivo que converte energia solar em elétrica e permite que a energia excedente seja compartilhada com a rede pública de distribuição elétrica. Estes smart_grids usam tecnologia PLC para informar o consumo e a quantidade de energia enviada para a rede pública em casa propriedade.

Os principais interessados na adoção dessa tecnologia são fabricantes chineses. O documento também informa que as empresas chinesas realizaram um estudo no qual determinaram que o custo unitário do smart_grid pode ser até 50% menor caso não fosse necessário eliminar as interferências em HF através de filtros notch e passa-faixas.

A conclusão do informe é “o custo para proteger o espectro de ondas curtas (HF) das tecnologias que serão essenciais para reduzir as emissões da Europa na próxima década e manter o bem-estar dos cidadão europeus são simplesmente proibitivos” e chama atenção que a o Parlamento da Comunidade Europeia aprove estas reformas até 1 de abril de 2012.

ARRL Convoca todos para defenderem nossas Bandas

Quando tudo falha...Uma proposta de Lei apresentada no Congresso dos Estados Unidos é uma ameaça real ao Serviço de Radioamador nos Estados Unidos, e, consequentemente, a todos os Radioamadores do mundo.

A proposta HR607 trata da implantação de um sistema de segurança nacional de transferência de dados em larga escala capaz de suportar catástrofes e ataques terroristas, em resposta aos ataques de 11 de setembro de 2001.

A maior parte das frequências que seriam reservadas para este sistema de comunicação não tem uso atualmente – é a antiga banda de TV UHF, porém a proposta também inclui o segmento de 420-440MHz que seria retirado dos radioamadores e vendido para exploração comercial.

A ARRL está convocando todos os radioamadores Norte Americanos para uma campanha massiva contra a HR607.

Abaixo um vídeo produzido pela ARRL explicando que os radioamadores não são contra a proposta HR607, mas mostra que o seguimento 420-440MHz é diariamente usado por milhares de radioamadores, serviços de emergências, satélites e repetidores ao redor do mundo.

Segundo a ARRL, esta é a maior ameaça ao Serviço de Radioamador da história.

Atualização em 02/abril/2011:

March 30, 2011

Dear Mr. Hays:

Thank you for contacting me regarding H.R. 607, the Broadband for First Responders Act of 2011. I appreciate hearing from you.

Like you, I agree that amateur broadcasters should be equipped with the tools and spectrum to respond to emergencies. H.R. 607 allocates a segment of the 700 megahertz block of spectrum (“the D-Block”) for public safety use. The original version of this bill would reallocate and auction paired spectrum in the 420-440 megahertz and 450-470 megahertz bands, currently used by amateur radio operators for emergency communications. However, you may be happy to learn that the bill’s sponsor, Rep. Peter King, has announced that the bill will be amended to protect those frequencies for their current users. H.R. 607 has been referred to the House Committee on Energy and Commerce, on which I sit. Should the Committee consider the bill, I will be sure to keep your concerns in mind.

Very truly yours,

JAY INSLEE
Member of Congress